Anderson Christian: Itabaiana e a história cíclica!

Postado em - 8 de novembro de 2018 - 15:55 - 1 Comentário

O que dois diferentes acontecimentos itabaianenses têm em comum após mais de 50 anos?

8 de agosto de 1963 – Protestos em Itabaiana sobre fornecimento de água da cidade. Em pânico, moradores vêem um ex-prefeito, Euclides Paes Mendonça, e um deputado estadual, Antônio Oliveira Mendonça, filho de Euclides, mortos à tiros deflagrados pela Polícia Estadual em crime não solucionado.

8 de agosto de 2017 – Protestos em Itabaiana contra fechamento de Matadouro Municipal são encampados pelo prefeito Valmir de Francisquinho. Sem consequências mais graves, matadouro segue funcionando, é reformado e mantém fornecimento.

Não há coincidências nas datas. Há similaridades. Euclides sonhava e atuava por uma Itabaiana Grande. Valmir de Francisquinho se tornou referência administrativa justamente por representar uma retomada dessa Itabaiana Grande, apontada para o futuro, desenvolvimentista e modernizante.

7 de novembro de 2018 – Após investigações da Polícia Civil Sergipana, Valmir de Francisquinho é preso sob suspeita de desvios de recursos do matadouro da cidade. Antes disso, seu filho, Talysson Costa, eleito o deputado estadual mais votado em 2018, sofre representações na Justiça Eleitoral que visam cassar seu mandato, conquistado nas urnas.

Dessa forma, há, sim, coincidências entre os dois diferentes momentos históricos. Euclides era um desenvolvimentista. Valmir também o é. Em 1963, a liderança crescente de Euclides foi ceifada a balas. Em 2018, como os tempos são bem outros, a liderança crescente de Valmir está sendo colocada em xeque por investigação da polícia estadual – com auxílio do Ministério Público.

E enquanto Euclides Paes Mendonça não teve chance de defender em vida o seu legado, Valmir de Francisquinho segue vivo para provar sua inocência e seguir defendendo seu legado político. Mas os tempos são bem outros. E se Valmir comprovar sua inocência, transporá uma barreira que Euclides não teve a chance de transpor: a de que uma liderança política de Itabaiana – Grande – pode se tornar uma das mais fortes lideranças da história de Sergipe.

Por: Anderson Christian

Deixe seu comentário!

Para: Anderson Christian: Itabaiana e a história cíclica!

Um Comentário até agora.

  1. Esse texto reflete a mais pura verdade!!!👏🏻👏🏻👏🏻👏🏻Parabéns ao escritor desse texto. Nem os Teles e tão pouco Luciano Bispo aceita essa evolução.


Siga-nos!